Avançar para o conteúdo principal

O Restauro do MKII - Inicio

Em Abril de 2010 o sonho veio a tornar-se realidade.

Era assim quando veio ...
Fomos ver o MG (ou pelo menos parte dele) a uma oficina perto de minha casa. Tratava-se de um Midget MKII de 1965, com os para-choques e grelha cromados.
O carro estava desmontado há cerca de 8 anos e já tinha sido alvo de algum trabalho de chapa, especialmente na frente. Percebia-se facilmente a beleza deste modelo e apesar de só ter visto muita chapa com ferrugem, fiquei logo ali arrebatado. 
Os primeiros trabalhos
Era mesmo aquilo que eu queria. Um carro Inglês, com carácter e distinto, descapotável, pequeno e que pudesse dar muito gozo a conduzir. Resolvemos comprá-lo e logo arranjamos transporte para a FORMOSCAR dos Josés (pai e filho) em Moimenta da Beira onde, por aquela altura, já estava a ser terminado o restauro do BMW 1602 do meu sogro.
A partir dai, comecei a compilar todo o tipo de informações sobre este modelo e a pesquisar fornecedores para as peças que iria precisar.




A propósito dos fornecedores e aproveitando alguma experiência que tive do processo de restauro do BMW, acabei por optar pela compra da maioria das peças em Inglaterra. Os preços que pedi em fornecedores nacionais eram mais elevados e a escolha acabou por ser a MOSS EUROPE (Kind regards Hans Leus).
Mais tarde, encontrei excelentes condições e elevado profissionalismo, na firma Artur & Mesquita do Porto.
Em Agosto de 2010 começou finalmente o trabalho de chapeiro, quefoi feito ao ritmo possível, mas de forma muito minuciosa e cuidada...

Mensagens populares deste blogue

A sonhar ... com (novos) carros antigos.

Quando o bichinho dos carros antigos nos conquista, pensamos sempre que os que temos não chegam para satisfazer o "vicio". Apesar de me sentir bastante feliz por ter o privilégio de poder usufruir de 2 carros maravilhosos, como são o BMW 1602 e o MG Midget MKII, penso sempre que há outros que também gostaria de ter na garagem. Aqueles que sempre me fascinaram mais, são sem duvida os da marca BMW. Entre eles, o 3.0 CSI ou o pequeno 700 sport, têm a minha preferência. Mas também o 2002 Tii Touring, ou o relativamente mais recente 635 CSI.
Bom, seria ter um qualquer M na minha garagem. Por outro lado, temos em família a vontade de reconstruír uma VW Pão de forma, para podermos fazer em bom estilo umas valentes voltas por essa Europa fora. Entretanto, vamos tratando de gozar o mais possível os clássicos que temos em casa e manter os olhos bem abertos a uma qualquer oportunidade de compra que por ai apareça.




Restauro - Continuação

Este Midget foi comprado com bastantes peças necessárias à sua reconstrução, mas constatamos que muitas delas se encontravam em muito mau estado, não sendo possível recuperá-las com qualidade e segurança. Desde o inicio, tomei a decisão de elevar ao máximo o nível do restauro. Afinal de contas estou a concretizar um sonho ...

Por esse motivo, começamos cedo a dar enorme importância a todos os aspectos. Nomeadamente o trabalho do chapeiro, a pintura, bem como  elevado rigor na originalidade e  na qualidade de todos os componentes que sejam montados no carro. Dai que tenho optado por adquirir um elevado numero de peças e acessórios que, certamente tem contribuído para o enorme aumento do custo do restauro, mas por outro lado vai-me permitir chegar a um resultado final de grande qualidade.

Neste momento, estamos a iniciar a montagem, com a preparação das suspensões, do deposito do combustível (novo, como deve ser sempre em qualquer bom restauro), bem como a cosmética e arranjo do motor e…

Viseu - Foz Côa

Mais uma excelente organização da Casa do Pessoal do Hospital S. Teotónio e do Grupo Viseense Amigos dos Clássicos, levou uma frota de 77 carros antigos de Viseu a Vila Nova de Foz Côa no passado dia 28 e Junho.

Constatava-se facilmente que a qualidade dos carros presentes era bastante mais elevada do que noutros eventos anteriores.  Foi possível apreciar belos exemplares de marcas tão diferentes como a Rolls-Royce, Lotus, BMW, MG, Ford, Peugeot, Renault, sem faltarem os tipicos carochas, 4L, Minis, etc.
Importou acima de tudo a excelente organização e participantes que por se conhecerem melhor a cada evento que passa, contribuiram para um excelente ambiente de confraternização. Parabéns mais uma vez ao GVAC e à CPHST por nos proporcionarem uma visita tão agradável a concelhos como Celorico da Beira, V. N. Foz Coa, Trancoso e Aguiar da Beira.