Avançar para o conteúdo principal

Hoje foi um grande dia ....

Hoje, 25 de Abril de 2013, foi de facto um grande dia.
Não por ser feriado, mas porque ficará para mim marcado como o dia em que pude conduzir o meu MG pela primeira vez na estrada e já pronto.

Com o Sr. Almeida da Estofcar, passamos o dia à volta do carro a tratar de resolver problemas de ultima hora com os parafusos das rodas e também pequenos problemas eléctricos, mas que ainda assim exigiram intervenção de profissionais habilitados.
Tivemos ainda a oportunidade de fazer alguns quilómetros pelas ruas de Viseu e testar alguns pormenores que nunca haviam sido testados.
Há ainda alguns aspectos a melhorar, mas está finalmente pronto para a vistoria...
No final do dia, tirei as primeiras fotos do carro completo.
Não me canso de chamar a atenção para a qualidade do trabalho que a Estofcar fez no interior. PERFEITO!!!
Também as alterações efectuadas nas jantes, permitem que a estabilidade do carro seja muito melhor.
Temos ainda que melhorar, algum ruído de rolamento na caixa, que exigirá afinação e a bomba da gasolina que é um pouco barulhenta para o meu gosto.
Problemas de "juventude" que são normais num carro com 48 anos que foi restaurado até ao mais pequeno pormenor.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

A sonhar ... com (novos) carros antigos.

Quando o bichinho dos carros antigos nos conquista, pensamos sempre que os que temos não chegam para satisfazer o "vicio". Apesar de me sentir bastante feliz por ter o privilégio de poder usufruir de 2 carros maravilhosos, como são o BMW 1602 e o MG Midget MKII, penso sempre que há outros que também gostaria de ter na garagem. Aqueles que sempre me fascinaram mais, são sem duvida os da marca BMW. Entre eles, o 3.0 CSI ou o pequeno 700 sport, têm a minha preferência. Mas também o 2002 Tii Touring, ou o relativamente mais recente 635 CSI.
Bom, seria ter um qualquer M na minha garagem. Por outro lado, temos em família a vontade de reconstruír uma VW Pão de forma, para podermos fazer em bom estilo umas valentes voltas por essa Europa fora. Entretanto, vamos tratando de gozar o mais possível os clássicos que temos em casa e manter os olhos bem abertos a uma qualquer oportunidade de compra que por ai apareça.




Restauro - Continuação

Este Midget foi comprado com bastantes peças necessárias à sua reconstrução, mas constatamos que muitas delas se encontravam em muito mau estado, não sendo possível recuperá-las com qualidade e segurança. Desde o inicio, tomei a decisão de elevar ao máximo o nível do restauro. Afinal de contas estou a concretizar um sonho ...

Por esse motivo, começamos cedo a dar enorme importância a todos os aspectos. Nomeadamente o trabalho do chapeiro, a pintura, bem como  elevado rigor na originalidade e  na qualidade de todos os componentes que sejam montados no carro. Dai que tenho optado por adquirir um elevado numero de peças e acessórios que, certamente tem contribuído para o enorme aumento do custo do restauro, mas por outro lado vai-me permitir chegar a um resultado final de grande qualidade.

Neste momento, estamos a iniciar a montagem, com a preparação das suspensões, do deposito do combustível (novo, como deve ser sempre em qualquer bom restauro), bem como a cosmética e arranjo do motor e…

Viseu - Foz Côa

Mais uma excelente organização da Casa do Pessoal do Hospital S. Teotónio e do Grupo Viseense Amigos dos Clássicos, levou uma frota de 77 carros antigos de Viseu a Vila Nova de Foz Côa no passado dia 28 e Junho.

Constatava-se facilmente que a qualidade dos carros presentes era bastante mais elevada do que noutros eventos anteriores.  Foi possível apreciar belos exemplares de marcas tão diferentes como a Rolls-Royce, Lotus, BMW, MG, Ford, Peugeot, Renault, sem faltarem os tipicos carochas, 4L, Minis, etc.
Importou acima de tudo a excelente organização e participantes que por se conhecerem melhor a cada evento que passa, contribuiram para um excelente ambiente de confraternização. Parabéns mais uma vez ao GVAC e à CPHST por nos proporcionarem uma visita tão agradável a concelhos como Celorico da Beira, V. N. Foz Coa, Trancoso e Aguiar da Beira.